top of page
  • Foto do escritorRedação Bisbi Regional

CERIMÔNIA MARCA ENCERRAMENTO DO PROGRAMA “CIDADANIA E JUSTIÇA TAMBÉM SE APRENDEM NA ESCOLA”

Atualizado: 12 de jun. de 2023

Na manhã desta segunda-feira (12), no Fórum da Comarca de Cianorte, uma solenidade marcou o encerramento do programa “Cidadania e Justiça também se aprendem na Escola”, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Paraná junto aos 5ºs anos das 13 escolas municipais. A iniciativa visa oferecer noções básicas de justiça e cidadania e sobre o funcionamento do Poder Judiciário a alunos da rede pública de ensino.



Para a execução do projeto, os estudantes receberam cartilhas didáticas sobre a Justiça e questões que envolvem os direitos e os deveres dos cidadãos. Em um segundo momento, o coordenador, o juiz de direito substituto da 25ª Seção Judiciária da Comarca de Cianorte, Dr. Rodrigo de Lima Mosimann, visitou as escolas para promover palestras sobre os temas tratados no material. Então, os estudantes elaboraram redações e os primeiros colocados receberam uma medalha. Para encerrar, as crianças tiveram a oportunidade de conhecer a sede do Fórum.


“A intenção do ‘Cidadania e Justiça também se aprendem na Escola’ é contribuir para a formação dos estudantes sobre deveres dos cidadãos; conscientização sobre os direitos e as formas de exercê-los; além de estabelecer relações entre o conteúdo curricular e as atividades dos Poderes no contexto da democracia, propiciando a almejada integração entre o Poder Judiciário e a sociedade”, destacou o magistrado, acompanhado pelos promotores de Justiça, Dra. Elaine Lopo, Dr. Bruno Rodrigues da Silva e Dr. Marcos Antônio Lopes Stann.


“Estamos muito gratos por receber esta ação educacional, pois acreditamos que a formação cidadã desde a infância colabora para uma sociedade melhor, já que as crianças são agentes multiplicadores de conhecimentos”, afirmou o prefeito, Marco Franzato. A secretária municipal de Educação, professora Kelly Werdenberg Rodrigues, também prestou agradecimentos. “Nossas escolas estão de portas abertas para projetos como este, que proporcionam aos alunos as habilidades para compreender, desafiar e se envolver com a sociedade”, completou Kelly.


A cerimônia contou, ainda, com o teatro “Justiça e Cidadania”, dos alunos do 5º ano B, da Escola Municipal Castro Alves; e um número de dança dos estudantes do 5º ano A, da Escola Municipal Jorge Moreira da Silva. Ao final, as diretoras das instituições de ensino receberam placas de participação no programa.

Commenti


Opinião

bottom of page