top of page
  • Foto do escritorRedação Bisbi Regional

Prefeitura investe em soluções inovadoras na educação e abre edital para testes gratuitos de lousas

A gestão municipal investe em iniciativas tecnológicas e inovadoras que consolidam Maringá como ′Smart City′. Para avaliar adoção de novas tecnologias na rede municipal de ensino, a Prefeitura de Maringá abriu edital de chamamento público para realização de testes gratuitos de telas interativas, também conhecidas como lousas digitais. O ′Proof of Concept′ (PoC), chamada de prova de conceito, permite que as empresas possam realizar os testes das soluções, de forma gratuita, e acompanhem os resultados dos produtos em cenários reais.


“É um projeto de grande visibilidade para as empresas que participarem do edital e que possibilita uma forma inovadora de interação entre professores e alunos. Com isso, esperamos aprimorar a experiência educacional e potencializar os resultados das metodologias de ensino-aprendizagem da rede municipal, contribuindo para o desenvolvimento da educação e o futuro de nossa comunidade”, destaca o secretário da Agência Maringá de Inovação e Tecnologia, Edney Mossambani. Ele explica que as provas de conceito são importantes para que o município possa validar em situações reais as soluções disponíveis, antes da aquisição dos equipamentos.

As inscrições estão abertas e as empresas têm até o dia 25 de junho para apresentação das propostas. As inscrições podem ser realizadas pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI) (clique aqui para acessar). O interessado deve clicar na seção “Peticionamento - Acesso Usuário Externo - Selecionar o Tipo de Processo Tecnologia: Prova de Conceito em Solução Tecnológica (POC - Proof of Concept)” para realizar a inscrição.

Os testes serão realizados nas escolas municipais Professor Antônio Carlos Velasque, Helenton Borba Cortes, Celestin Freinet, Dom Jaime Luiz Coelho, Professor Geraldo Altoé, além da sede da Agência Maringá de Inovação e Tecnologia (Amtech). O período de teste da solução tecnológica será de 30 dias, podendo ser prorrogado para no máximo 120 dias. Confira em anexo o edital.

"É compromisso da gestão municipal investir em metodologia de ensino inovadora e que promova experiências diversificadas para os alunos. Com as telas interativas, vamos garantir mais um diferencial para a nossa rede municipal e que consolida a cidade como referência”, afirma a secretária de Educação, Nayara Caruzzo.

Comentários


Opinião

bottom of page